Dia dos Namorados – Conheça a Origem da Data

 Dia dos Namorados   Conheça a Origem da Data

O Dia dos Namorados é uma data comemorativa, não oficial, destinada aos casais de namorados, pretendentes e apaixonados. É tradição a troca de presentes, bombons e cartões com mensagens de amor entre namorados ou pessoas que se amam. Aqui no Brasil, esta data é comemorada em 12 de junho. Em outros países, como nos Estados Unidos, por exemplo, a comemoração ocorre em 14 de fevereiro (Dia de São Valentim – Valentine’s Day).

História da data (14 de fevereiro) – Origem do Dia de São Valentim

A comemoração desta data remonta o Império Romano. Um bispo da Igreja Católica, São Valentim, foi proibido de realizar casamentos pelo imperador romano Claudius II. Porém, o bispo desrespeitou a ordem imperial e continuou com as celebrações de matrimônio, tendo também se casado, tudo isto de forma secreta. Foi preso pelos soldados e condenado à morte.

Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”O bispo Valentim foi decapitado em 14 de fevereiro do ano 270.

Em sua homenagem, esta data passou a ser destinada aos casais de namorados e ao amor…

Outra versão diz que no século XVII, ingleses e franceses passaram a celebrar o Dia de São Valentim como a união do Dia dos Namorados. A data foi adotada um século depois nos Estados Unidos, tornando-se o The Valentine’s Day. E na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a).

Conheça a história da data (12 de Junho) no Brasil

No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de Junho por ser véspera do 13 de Junho, Dia de Santo António, santo português com tradição de casamenteiro.

A data provavelmente surgiu no comércio paulista, quando o comerciante João Dória trouxe a ideia do exterior e a apresentou aos comerciantes. A ideia se expandiu pelo Brasil, amparada pela correlação com o Dia de São Valentim — que nos países do hemisfério norte ocorre em 14 de fevereiro e é utilizada para incentivar a troca de presentes entre os apaixonados.

Fonte: Sua Pesquisa || Wikipedia 

2 Responses

  1. Jó Ágape

    O dia de São Valentim — qual a sua origem?
    JÁ ENVIOU ou recebeu um cartão ou um presente no dia de São Valentim? Em muitos países é costume enviá-los em 14 de fevereiro, Dia de São Valentim [‘Dia dos Namorados’]. Supõe-se que este dia seja celebrado pelos que se amam. Mas como se iniciou este costume?
    O Dicionário de Frases e Fábulas, de Brewer (em inglês), diz: “Valentim, São. Sacerdote de Roma, que foi preso por ajudar os cristãos perseguidos. Ele se converteu e, . . . foi morto a pauladas. Seu dia é comemorado em 14 de fevereiro . . .
    “O antigo costume de se escolher Valentins [namorados] tem apenas relação acidental com [o] santo, sendo basicamente um vestígio da antiga festa romana chamada Lupercais . . . ou da associação com a época de acasalamento dos pássaros. Era marcada por se dar presentes, e hoje em dia por se enviar um cartão no qual aparecem representações de cupidos, corações flechados, etc.”
    E o que tem a ver Cupido com o Dia de São Valentim? A mesma fonte diz: “Cupido (em lat[im] cupido, desejo, amor). O deus romano do amor, identificado com o deus grego Eros. Usualmente é representado como um belo menino com asas, de olhos vendados e carregando arco e flechas.”
    A Enciclopédia World Book dá informações adicionais, apresentando diversas teorias sobre a origem dos costumes do Dia de São Valentim. “De acordo com uma história, no terceiro século de nossa era, o imperador romano Cláudio II proibiu os homens jovens de se casarem. O imperador achava que os solteiros eram soldados melhores. Um sacerdote chamado Valentim desobedeceu a ordem do imperador e, secretamente, realizou o casamento de jovens casais. . . . Muitas histórias dizem que Valentim foi executado em 14 de fevereiro por volta de 269 A.D. Em 496 A.D., o Santo Papa Gelásio I fixou 14 de fevereiro como Dia de São Valentim.”
    Independentemente da verdadeira origem do costume, é evidente que está arraigado em antigas crenças pagãs e no rol dos chamados “santos” da cristandade. O Dia de São Valentim é também uma desculpa para exploração comercial de um público não raro desinformado. — 2 Coríntios 6:14-18.

    Responder

Comente

Seu e-mail não será publicado.

Comentários